sexta-feira, abril 28

Uma Manhã de Outono

Versos, prosas, contemplação!

Escolhemos o mundo em que vivemos, sempre, e não importa, melhor, importa muito sua origem, seus princípios, sua atitude, o que não importa são as justificativas. Se chegamos até aqui é porque de uma forma ou outra produzimos o suficiente para não precisarmos de desculpas. Encarar, por vezes, pode parecer estranho e desestimulante, mas é com certeza, a melhor maneira de avançarmos!

Numa manhã de outono, quando nossos olhos apreciam o sol vermelho, flores e folhas se desfazendo, anunciando o prelúdio do inverno, a natureza mostra suas fraquezas em meio à sua força, é necessário!
É necessário que a aparência deixe de se mostrar bela para que seu interior se fortaleça, é pleno equilíbrio. Nesse exato momento, muitas mudanças entram em processo de transformação, energia que se movimenta, amor em movimento.
É preciso a elegância da observação, contemplar o instante e viver o amor por inteiro.
Permitir-se exagerar ou abrandar, reconhecer que procura o equilíbrio. Calar e tagarelar, para que o ciclo que era semente se torne colheita e renasça apenas como fruto do amor.

Numa manhã de outono posso descobrir a paz em canção ou a tribulação e a crise, essa é a decisão, permitir ou bloquear, integrar ou desintegrar, entusiasmar ou se emboscar.
Preferir amar e ser amado, generosidade em ação, um gesto, uma atitude, fraquezas poderão existir, seu significado é gratidão e a fé que é apenas preparação para algo maior, mas ainda assim quem decide se vai encarar ou não, é você.

Uma bela manhã de Outono

sexta-feira, janeiro 27

Um século 21, 8 ou 80!

Quem que viveu os anos 80 poderia esperar um século 21 tão chato, cinza e opressor?
Nós que usamos roupas coloridas, polainas, cabelo enrolado, corpos naturais, muito jeans, os carros eram coloridos, shopping center era local de compra, os bares eram locais de conversa, ninguém se importava em ser visto, queria-se curtir e trocar ideias, encontrar amigos, conhecer novos e quem sabe até encontrar alguém....não podíamos supor que viveríamos de “pretinho básico”, tom sobre tom, zilhões de fotos e postagens sem sentido, lei seca, psiu, radar eletrônico, corpos sarados e modificados, padrão de beleza nonsense (opa esse termo é do anos 80/90). A gente olha para a sociedade desse século e vê um monte de gente igual, fazendo coisas iguais, padrão de comportamento politicamente correto?

quinta-feira, abril 21

E daí?

E daí que sejamos loucos por sermos românticos, seria mais aceitável viver como muitos estão vivendo: "cada um na sua"?
Os românticos se comprometem é verdade, mas nesses dias...ah! nada de compromisso...
Se não der certo...Como assim? Meu Deus!!! 
Que sejamos loucos então, mas que entremos para DAR CERTO!

domingo, março 8

8 de Março de 2015

Ah mulheres! Vocês invadem nossas mentes e sonhos de uma forma...pedindo licença ou não.
Não há mais espaço, não há como negar...se saíram de nossas costelas, Deus retirou a melhor, a mais bela...
mas, ainda acredito que Deus teve uma ideia melhor...
Por mais que os tempos evoluam, preservem a natureza feminina:
forte porém doce,
guerreira, porém amável
incansável, mas delicada
ambiciosa, mas sensível...
Um feliz todo dia da Mulher!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...